BEM VINDO AO MEU BLOG

Seja bem vindo quem me der a honra de acompanhar "depois do entardecer"

Seguidores

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Alma vazia

Quando eu sofria em versos;
chorava rimas sutis,
meus amigos aplaudiam
cada palavra sofrida
viam o poeta em mim.
Hoje não sofro, nem choro,
versos não sei fazer mais.
Não é engraçada esta vida,
que nos dá forças estranhas,
nas horas que precisamos,
nos momentos cruciais?
Às vezes me dá vontade
de amar de novo e sofrer
rolar na cama vazia
desejar até morrer,
só prá fazer poesia
poesia de verdade
e me sentir renascer...

Um comentário:

  1. Lindos versos! O amor nos faz sofrer e sofrimento produz poesias sentidas na alma! Bjs!

    ResponderExcluir